Ultimas Notícias
Prefeito de Foz do Jordão reconhece suspeitos de assalto

A Polícia Civil de Guarapuava, prendeu na tarde da
última segunda feira, dia 08, dois indivíduos suspeitos de estarem
envolvidos no assalto ocorrido na casa do prefeito de Foz do Jordão,
Francisco Clei, ocorrido na quarta-feira da semana passada, dia 03.


Um dos suspeitos é o radialista Valdinei Ferraz, que foi localizado
na sua residência no centro da cidade de Pinhão, onde foi cumprido busca
e apreensão e a prisão. Foi localizado no local uma arma de fogo, R$
3.200 reais e roupas camufladas do exército que podem ter sido utilizado
no crime. O segundo suspeito também foi alvo de busca e apreensão em
sua residência porém não foi encontrado, tendo as equipes localizado o
mesmo na região de divisa entre Pinhão e Bituruna no final do dia e dado
cumprimento no mandado de prisão. Os dois suspeitos foram recolhidos a
cadeia de Guarapuava.


PREFEITO RECONHECE SUSPEITOS


O prefeito de Foz do Jordão, Francisco Clei da Silva, reconheceu dois
dos três suspeitos do assalto. Conforme a Polícia Civil, o
reconhecimento ocorreu às 16 horas desta quarta (10), na sede da 14ª
Subdivisão Policial onde os suspeitos estão presos. De acordo com a
advogada Melissa Carrer, que atende o prefeito, os assaltantes estavam
usando apenas máscaras pretas de proteção à covid-19. Dessa forma,
facilitou a identificação pelas vítimas. Entretanto, as investigações e
as buscas por um terceiro assaltante continuam. O delegado-adjunto
Alisson da Silva preside o inquérito policial.


OS PRESOS


O prefeito Francisco Clei disse que nunca teve contato com os
assaltantes presos. “Um deles trabalhou há anos em Foz do Jordão como
segurança de empresa de monitoramento. Mas somente o via de longe”.
Conforme o boletim de ocorrência, um dos presos trata-se do radialista
Valdinei Ferraz, de 33 anos. Ele também tem um Blog de Notícias. Ainda
de acordo com a Polícia Civil, na casa dele na rua João Ferreira da
Silva no Centro de Pinhão, os policiais encontraram um revólver calibre
38 Taurus com a numeração raspada, além de munições, celulares e R$
3.200 em dinheiro. Além de roupas camufladas do exército. O segundo
preso é Huguivaldo do Bonfim. Conforme o boletim de ocorrência, o
mandado de prisão expedido pela 1ª Vara Criminal de Guarapuava, foi
cumprido no fim da tarde de segunda (8), na zona rural de Pinhão.
Huguivaldo conduzia um ônibus de passageiro. Ele havia trabalho em Foz
do Jordão. Entretanto, como os dois cumprem prisão preventiva, agora
podem ter a prisão temporária decretada.


O ASSALTO


O prefeito contou que estava em casa com a família, quando, por volta
das 06h, chegaram na residência três homens, sendo um magro, alto,
cabelo escuro e vestia uma calça e camisa semelhantes ao fardamento
policial, uma jaqueta preta de posse de um revólver, o segundo homem era
alto, pele branca, estava com um colete balístico de posse de um
revólver cromado, já o terceiro seria um homem baixo, de cor branca, com
jaqueta preta, também com um revólver. Os autores, ao chegarem na casa e
serem atendidos pelo prefeito, informaram que seriam policiais e
estariam no local para cumprir um mandado de busca federal. Ao
ingressarem no interior da residência, informaram que se tratava de um
roubo e que queriam dinheiro e armas. Na sequência, os marginais
amarraram as vítimas com fita do tipo “helleman” nos braços e tamparam
suas bocas com fita plástica e começaram a revirar a residência para
buscar os objetos que desejavam. De acordo com Clei, os criminosos
permaneceram no local por aproximadamente 45 minutos, até que se
evadiram em um veículo VW Gol de cor preta, roubando certa quantia em
dinheiro e também o aparelho DVR do local, deixando as vítimas
amarradas.

Fonte: RSN

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: