Ultimas Notícias
Paraná –  Assembleia Legislativa exigirá passaporte da vacina na volta às atividades

Diante do aumento do número de casos de
Covid-19 e também da epidemia de H3N2, a mesa diretiva da Assembleia
Legislativa do Paraná optou pela adoção de um protocolo ainda mais
rígido no retorno às atividades presenciais, a partir de 19 de janeiro.
Em reunião realizada nesta quinta-feira (13), ficou definido que a
manutenção de medidas restritivas e preventivas é essencial para a
garantia da saúde de deputados e servidores.

Mas não é só, pois além das restrições de
acesso ao prédio e da manutenção da programação mista (presencial e
remota) que vigoravam até o fim do ano passado, também será cobrado de
deputados, servidores e eventuais visitantes o chamado passaporte
vacinal. “Estamos recomendando a adoção por todos do ciclo vacinal
completo. Essa é uma medida que é absolutamente necessária para todos os
servidores, deputados e visitantes. Estamos ouvindo as autoridades na
área da saúde e as medidas que vamos adotar serão pautadas efetivamente
no bom senso, mas fundamentalmente naquilo que os especialistas estão a
nos indicar”, disse o primeiro secretário Luiz Claudio Romanelli.

A ideia da Assembleia era retomar as
atividades 100% presenciais, mas sua direção achou melhor seguir à risca
as recomendações feitas pelo Serviço Médico da própria Casa, que é
coordenado pelo médico Douglas Schmidt. “Desde o início dessa pandemia
sempre tivemos essa preocupação em resguardar nossos servidores. O Poder
Legislativo não pode parar, mas para isso não vamos colocar a saúde de
ninguém em risco. Por isso, é fundamental termos esse protocolo bem
definido”, justificou o presidente Ademar Traiano

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: