Ultimas Notícias
IBGE lança Censo 2022 nesta segunda (1º)

 Censo brasileiro é uma das maiores operações censitárias do mundo, no
sentido de visita domiciliar, de você bater de porta em porta e colocar
180 mil recenseadores na rua. 

O Censo não é do Instituto Brasileiro de
Geografia e Estatística (IBGE). É uma instituição que pertence ao
Brasil. O IBGE coordena o Censo, mas é o Censo do Brasil.” A afirmação é
do diretor de Pesquisas do IBGE, Cimar Azeredo, que destacou a
importância do 13º Censo Demográfico, que será iniciado amanhã (1º de
agosto), com lançamento oficial no Museu do Amanhã, no Rio de Janeiro,
acompanhado por agências da Organização das Nações Unidas (ONU).


Para Azeredo, responder o Censo é um ato de cidadania. “É como votar,
como tirar um documento. É fundamental que todo cidadão procure ser
recenseado e receba o recenseador do IBGE.”


O Censo é uma operação importante para o país porque permite conhecer
os detalhes de como a população vive, quantas são as pessoas e onde
elas estão. “É importante para a sociedade, para o governo, para as
empresas públicas e privadas, para os gestores públicos e da iniciativa
privada. Se você vai abrir uma empresa em determinado município, precisa
conhecer detalhes daquele município”.

RECENSEADORES


Todos os recenseadores do IBGE estarão identificados com boné, colete
e crachá. Dentro do crachá há um QR Code que pode ser lido pelo
celular. Com isso, o cidadão pode confirmar o nome e a foto do
recenseador e verificar se ele pertence ao quadro de servidores do
Instituto. Em caso de dúvida, basta ligar para o IBGE no número 0800 721
8181.


QUESTIONÁRIO ESPECÍFICO


Outras novidades introduzidas pelo Censo 2022 incluem a maior
identificação de pessoas que vivem em comunidades quilombolas e em
comunidades indígenas, que terão questionários específicos.


O Censo inclui também perguntas específicas para pessoas com
deficiência e para pessoas diagnosticadas por profissional de saúde com
transtorno de espectro autista (TEA).


O Censo é constituído de dois questionários: um menor, que demora
cinco minutos para ser preenchido; e outro maior, que demora em torno de
16 minutos. Cerca de 10% da população vai precisar responder ao
questionário mais completo.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: