Ultimas Notícias
Guarapuava – Justiça manda soltar o dono e 02 funcionários de empreiteira envolvida em irregularidades com DER/PR

Os investigados foram alvos de uma operação do Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco).

A operação foi desencadeada na quarta feira (27 de julho), na região de Guarapuava. Seis pessoas foram presas na ação, sendo dois servidores do órgão estadual.

O Ministério Público do Paraná (MP-PR) afirmou que, entre as irregularidades encontradas está a prestação de serviços por parte de uma empresa contratada pelo DER-PR de forma incompleta ou irregular. Em contrapartida, os servidores recebiam vantagens indevidas, segundo a investigação.

O Tribunal de Justiça do Paraná (TJ-PR) concedeu um habeas corpus ao dono e funcionários da empresa investigada.

Na decisão, a Justiça entendeu que os fatos investigados não são contemporâneos, sendo registrados entre 2017 e 2020, não justificando a manutenção da prisão.

Por outro lado, o TJ-PR determinou medidas cautelares aos três investigados, como a proibição de contato com os funcionários do DER-PR, apresentação mensal em juízo e proibição de deixar a Comarca sem autorização.

Além disso, um dos servidores do DER-PR que foi detido teve a prisão preventiva convertida em domiciliar.


A outra servidora investigada e o marido dela continuam presos.

Por nota, o DER-PR afirmou que não compactua com condutas ilícitas e que colabora com as autoridades para esclarecer os fatos.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: