Ultimas Notícias
Gaeco cumpre mandados contra AGENTE PENITENCIARIO que SUPOSTAMENTE pediu PROPINA para FAMILIA de PRESO

 Seis mandados de busca e apreensão foram cumpridos no oeste do Paraná
pelo Grupo de Atuação Especial de Combate ao Crime Organizado (Gaeco),
do Ministério Público do Paraná (MPPR). 

A operação aconteceu nesta
quinta-feira (12) em Foz do Iguaçu e em São Miguel do Iguaçu. 

Os alvos
da ação são um investigador de polícia e um empresário. A investigação
aponta que o agente público da carceragem de São Miguel do Iguaçu fez um
pedido de propina de R$ 10 mil a familiares de um preso para a
transferência e tratamento privilegiado da Penitenciária Estadual de Foz
do Iguaçu para a de São Miguel. Isso é o que explica o coordenador
estadual do Gaeco, Leonir Batisti. 

Os fatos teriam ocorrido em agosto de 2020, época em que o investigador
trabalhava na Delegacia de São Miguel do Iguaçu, no oeste paranaense.

Deixe comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Os campos necessários são marcados com *.

%d blogueiros gostam disto: